- PUBLICIDADE -

Papa Francisco preocupado com risco de ‘genocídio viral’

Papa Francisco estuda criação do 'pecado ecológico'
- PUBLICIDADE -

Jorge Bergoglio pede que haja uma reflexão para o pós-pandemia, pois algumas das consequências dela já podem ser notadas.

O Papa Francisco está preocupado com o risco de um “genocídio viral” em países que não adotem medidas para defender sua população em meio à pandemia do novo coronavírus.

Em carta enviada ao presidente da Comissão Pan-Americana de Juízes para os Direitos Sociais, Roberto Andrés Gallardo, o chefe do Vaticano declarou:

“Alguns governos adotaram medidas exemplares com prioridades bem definidas para defender a população. É verdade que essas medidas ‘incomodam’ aqueles que são obrigados a cumpri-las, mas é sempre para o bem comum e, a longo prazo, a maioria das pessoas as aceita e se move com uma atitude positiva.”

Segundo a agência ANSA, o Sumo Pontífice destacou:

“Governos que enfrentam a crise, mostram a prioridade de suas decisões: primeiro as pessoas. E isso é importante, pois sabemos que defender as pessoas supõe um prejuízo econômico.” 

O líder da Igreja Católica disse ainda que “seria triste se o oposto fosse escolhido, o que levaria à morte de muitas pessoas, algo como um genocídio viral”.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -