- PUBLICIDADE -

Papa pede “acolhida e assistência” aos refugiados da Venezuela

- PUBLICIDADE -
Capa: Franco Origlia\Getty Images

Em pronunciamento nesse Domingo de Páscoa, o Papa Francisco recordou o sofrimento dos venezuelanos que “são obrigados a abandonar sua pátria” e pediu que não lhes falte “acolhida e assistência”.

As informações são do jornal El País Brasil:

Neste domingo em que os cristãos celebram a ressurreição de Jesus Cristo, o Pontífice pediu “frutos de consolação” para o povo venezuelano “que vive em terra estrangeira em seu próprio país” e rezou para que “encontre a via justa, pacífica e humana para sair quanto antes da crise política e humanitária que o oprime”.

Francisco citou a mensagem que a Conferência Episcopal Venezuelana publicou recentemente para denunciar a crise generalizada que vive o país e na qual também reprovava “a pretensão de se implantar um sistema totalitário, injusto, ineficiente, manipulador, onde o jogo de se manter no poder à custa do sofrimento do povo é o lema”, em vista das próximas eleições no país, em 20 de maio.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -