Papa pede “acolhida e assistência” aos refugiados da Venezuela

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
Capa: Franco Origlia\Getty Images

Em pronunciamento nesse Domingo de Páscoa, o Papa Francisco recordou o sofrimento dos venezuelanos que “são obrigados a abandonar sua pátria” e pediu que não lhes falte “acolhida e assistência”.

As informações são do jornal El País Brasil:

Neste domingo em que os cristãos celebram a ressurreição de Jesus Cristo, o Pontífice pediu “frutos de consolação” para o povo venezuelano “que vive em terra estrangeira em seu próprio país” e rezou para que “encontre a via justa, pacífica e humana para sair quanto antes da crise política e humanitária que o oprime”.

Francisco citou a mensagem que a Conferência Episcopal Venezuelana publicou recentemente para denunciar a crise generalizada que vive o país e na qual também reprovava “a pretensão de se implantar um sistema totalitário, injusto, ineficiente, manipulador, onde o jogo de se manter no poder à custa do sofrimento do povo é o lema”, em vista das próximas eleições no país, em 20 de maio.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.