Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Papa pede para cristãos não tentarem converter muçulmanos

Papa pede para cristãos não tentarem converter muçulmanos
COMPARTILHE

“Não tentem converter muçulmanos”, disse o papa Francisco a cristãos durante visita ao Marrocos.

No último dia da visita ao Marrocos, o papa Francisco advertiu a minoria cristã do país a não tentar converter os muçulmanos, que representam 99% da população.

A viagem do pontífice ao país africano é a primeira de um papa desde João Paulo II, em 1985.

Durante encontro com religiosos na Catedral de São Pedro, em Rabat, o chefe do Vaticano afirmou:

“Cristão não é o que adere a uma doutrina, a um templo ou a um grupo étnico. Ser cristão é um encontro: somos cristãos por termos sido amados e encontrados, não graças ao proselitismo.”

E, segundo o Correio Braziliense, acrescentou:

“Os caminhos da missão não passam pelo proselitismo, que leva sempre a um beco sem saída, mas por nosso modo de ser com Jesus e com os demais.”

Com 34,3 milhões de habitantes, o Marrocos abriga apenas 25 mil católicos, que professam a fé em 38 paróquias espalhadas pelo país.

O proselitismo ativo é tema sensível no reino, e pode ser punido com até três anos de prisão.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

PUBLICIDADE