Português   English   Español

Paradeiro desconhecido do terrorista italiano Cesare Battisti

O terrorista italiano Cesare Battisti sumiu da cidade de Cananéia, no litoral de São Paulo, onde morava.

Ele foi visto pela última vez pouco antes da vitória do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), que prometeu extraditá-lo.

O jornalista Paolo Manzo, correspondente de Il Giornale, foi quem deu a notícia. Ele esteve em Cananéia e constatou o sumiço de Cesare Battisti:

O último avistamento oficial de Cesare Battisti data de sábado. Uma testemunha disse que o viu embarcar em um barco em Cananéia, uma vila de pescadores a cerca de 260 km de São Paulo. Provavelmente fugindo. Em Cananéia, onde ele morou por muito tempo, nós o encontramos há um ano. Hoje Cesare Battisti desapareceu. Volatilizado no nada.

O repórter italiano acrescentou:

A informação policial é ecoada pelos que o conheciam bem. ‘Há cerca de dez dias não o vejo’, revela Wine, 55, barba desgrenhada e pequenos biscates para sobreviver. ‘Para mim, Cesare é um irmão, uma pessoa boa, ele pagou pelos erros que cometeu’. Juntos, tentamos chamar Battisti na sua casa. Ninguém responde.

Na segunda-feira (29), o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) enviou uma mensagem ao vice-premiê italiano, Matteo Salvini, afirmando que a extradição de Battisti seria um “presente” do presidente eleito ao povo da Itália, conforme noticiou a Renova Mídia.

Adaptado da fonte O Antagonista

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter