Português   English   Español
Português   English   Español

Paraguai agradece Brasil por aceitar extradição de esquerdistas

Paraguai agradece Brasil por aceitar extradição de esquerdistas
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

“O Brasil não mais será refúgio de canalhas travestidos de presos político”, disse Bolsonaro.

O Paraguai saudou o Brasil por revogar o status de refugiado e aceitar a extradição de três militantes esquerdistas paraguaios acusados de sequestrar uma empresária em troca de resgate.

Em declarações aos jornalistas, nesta terça-feira (23), o ministro do Interior paraguaio, Juan Villamayor, declarou:

“O governo brasileiro está fazendo todos os esforços para pegar os foragidos da nossa Justiça e colocá-los à disposição do Paraguai.”

Através da rede social Twitter, o presidente da República, Jair Bolsonaro, anunciou a revogação do status de refugiado dos três paraguaios reclamados por Assunção por participação no sequestro da esposa de um empresário em 2001.

Na mesma rede social, o presidente paraguaio, Mario Abdo Bénitez, referindo-se ao ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, declarou:

“O Ministro Moro retirou o status de refugiado, concedido pelo governo Lula (2003), para três terroristas do Exército do Povo Paraguaio (EPP). Voltarão para seu país e pagarão pelos seus crimes, a exemplo de Cesare Battisti, preso na Itália”, tuitou.

“O Brasil não será mais refúgio para estrangeiros acusados, ou condenados, por crimes comuns. A nova postura é de cooperação internacional e respeito a tratados. Aqui não é terra sem lei”, comentou Moro ao retuitar o presidente Marito Abdo, que falou sobre o caso mais cedo.

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram
Share on reddit
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...

Curta a RENOVA!