Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

Paraguai espera que Brasil retire status de refugiados de esquerdistas

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Paraguai espera que Brasil retire status de refugiados de esquerdistas
COMPARTILHE

“É pouco provável que uma democracia latino-americana possa dar amparo a eles”, afirmou o chanceler paraguaio.

O chanceler do Paraguai, Luis Alberto Castiglioni, disse, nesta quarta-feira (12), que espera “notícias favoráveis” da Comissão Nacional de Refugiados (Conare).

O órgão decidirá amanhã, dia 14 de junho, se revoga a condição de refugiados concedida pelo Brasil a dois sequestradores do Paraguai.

Castiglioni informou que o governo paraguaio voltou a enviar o Brasil todas as informações sobre o caso dos esquerdistas Juan Arrom, Victor Cólman e Anuncio Martí.

Os três membros da organização de extrema esquerda Exército do Povo Paraguaio (EPP) acusados de terem sequestrado a nora do ex-ministro de Fazenda, Enzo Debernardi.

O chanceler ainda afirmou que o governo do Paraguai está mais confiante porque a Comissão Interamericana de Direitos Humanos decidiu na semana passada absolver o governo do país, por falta de provas, de ter torturado Arrom e Martí em janeiro de 2002, segundo a agência EFE.

Agora, cabe ao Conare, órgão vinculado ao ministro da Justiça, Sergio Moro, decidir se mantém ou retira a condição de refugiados dos dois paraguaios, o que pode abrir o caminho para um pedido de extradição por parte do Paraguai.

Com cerca de seis meses no poder, o presidente da República, Jair Bolsonaro, está preparado para mandar para fora do país outros terroristas estrangeiros acolhidos pelo petista Lula da Silva (PT).

- PUBLICIDADE -
Error: Embedded data could not be displayed.
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM
Error: Embedded data could not be displayed.