Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

Paraguai vai elevar em 42% compra da usina de Itaipu

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Paraguai vai elevar em 42 compra da usina de Itaipu
Imagem: Joel Rocha/Governo do Paraná
COMPARTILHE

De acordo com o tratado de Itaipu, cada país tem direito a metade da capacidade da usina.

As estatais Eletrobrás, do Brasil, e Ande, do Paraguai, fecharam acordo sobre a compra de energia elétrica gerada pela Usina Hidrelétrica Binacional de Itaipu, de 14 mil megawatts (MW). 

De acordo com as novas regras, a companhia paraguaia terá de elevar em 42,5% o volume de energia adquirida da usina até 2022. 

Por outro lado, a Eletrobrás se compromete a comprar menos energia. Este ano, o Paraguai adquiriu em média 1.340 MW de Itaipu e a Eletrobrás 10.795 MW. Em 2022, a relação terá sido ajustada para 1.810 MW e 10.325 MW, respectivamente, informa o portal Terra.

Como o Paraguai tem um consumo energético menor, ele compra uma pequena fração da capacidade da hidrelétrica e o governo brasileiro fica com a diferença. 

O aumento gradual da compra de energia pelo Paraguai reflete o crescimento do país vizinho e encerra uma discussão travada há mais de uma década entre os dois países.

- PUBLICIDADE -
Error: Embedded data could not be displayed.
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM
Error: Embedded data could not be displayed.