Paralisação deixa 12 aeroportos do país sem combustível

Nos aeroportos administrados pela Infraero, só estão voando aeronaves com combustível reserva ou que pousam ainda abastecidas.

A greve dos caminhoneiros iniciada na segunda-feira (21) está prejudicando o abastecimento dos aeroportos nacionais. Segundo a Infraero, ao menos 11 estão sem combustível nesta sexta-feira (25).

De acordo com informações da VEJA:

Com a paralisação, os aeroportos não estão recebendo o querosene de aviação. Nesta sexta-feira, 32 voos já foram canceladas – um deles, da American Airlines, sairia de Miami, nos Estados Unidos, até Brasília. A maioria das viagens seria realizadas pela Latam e Azul.

Confira lista com os aeroportos sem combustível, de acordo com informações da Infraero:

  1. Aeroporto de Carajás, Pará
  2. Aeroporto de São José dos Campos, São Paulo
  3. Aeroporto de Uberlândia, Minas Gerais
  4. Aeroporto de Ilhéus, Bahia
  5. Aeroporto de Palmas, Tocantins
  6. Aeroporto de Recife, Pernambuco
  7. Aeroporto de Maceió, Alagoas
  8. Aeroporto de Goiânia, Goiás
  9. Aeroporto de Juazeiro do Norte, Ceará
  10. Aeroporto de Vitória, Espírito Santo
  11. Aeroporto de João Pessoa (PB)
  12. Aeroporto de Brasília, Distrito Federal
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia