Paramilitares da Nicarágua atacam velório de adolescente executado

A violenta repressão lançada pelo regime Ortega contra a população da Nicarágua está cada dia mais violenta.

Forças de segurança do líder do regime da Nicarágua, Daniel Ortega, mataram o adolescente Leyting Chavarría, de 16 anos, durante cerco contra a pequena cidade de Jinotega.

Enquanto o corpo do jovem estava sendo velado, uma dezena de paramilitares encapuzados abriu fogo contra os parentes e amigos do rapaz. Até o momento, fontes locais estimam 15 feridos, mas não há um número confirmado.

Mais de 350 pessoas morreram desde o início da crise, em abril. Inicialmente os protestos foram motivados por uma reforma da previdência. Mas cresceram com a repressão da polícia, que é acusada de atuar em coordenação com grupos armados, e se transformaram em um movimento contra Ortega.

 

Adaptado da fonte G1
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia