- PUBLICIDADE -

Paraná assina acordo para produção de vacina da Rússia

Vacina contra cânceres de mama e ovário pode ficar pronta em 8 anos

Os estudos sobre a vacina russa no Paraná serão acompanhados pelo governo federal.

- PUBLICIDADE -

Jorge Callado, diretor-presidente do Instituto Tecnológico do Paraná (Tecpar), conversou com a imprensa, nesta quarta-feira (12), após a formalização do primeiro memorando entre o governo da Rússia e as autoridades do Paraná sobre a vacina contra coronavírus.

“Não podemos nos pautar apenas por alguns comentários ou citações [críticas à vacina]. Agora é o momento de estarmos em contato com os dados e iniciarmos as análises”, disse Callado.

Uma reunião online, que incluiu o governador Ratinho Jr. (PSD), o embaixador da Rússia no Brasil, Sergei Akopov, e representantes do Fundo Russo de Investimento Direto (RDIF), como o presidente Kirill Dmitriev, formalizou a parceria entre russos e paranaenses, destaca o jornal Folha.

Integrantes dos ministérios da Saúde, Relações Exteriores e de Ciência e Tecnologia também acompanharam a assinatura.

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -