Português   English   Español

Parceria entre Embraer e Boeing aprovada por Bolsonaro

Parceria entre Embraer e Boeing aprovada por Bolsonaro
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

O presidente Jair Bolsonaro aprovou a compra da divisão de aviação comercial da Embraer pela americana Boeing, em um negócio avaliado em 4,2 bilhões de dólares.


O anúncio foi feito no início da noite desta quinta-feira (10), depois do fechamento dos mercados no Brasil e nos Estados Unidos.

Embora não faça parte do bloco de controle da Embraer, o governo brasileiro detém uma ação especial (golden share, em inglês) que lhe dava o direito de vetar o negócio.

Pelos termos do acordo anunciado em dezembro passado, será formada uma nova companhia que vai cuidar do desenvolvimento e da produção dos aviões comerciais de médio porte da Embraer.

A Boeing vai ter o controle dessa empresa e o equivalente a 80% do capital, enquanto a Embraer ficará com os 20% restantes.

O acordo aprovado pelo presidente Jair Bolsonaro prevê ainda uma parceria para a promoção comercial do KC-390, o avião militar de transporte desenvolvido pela Embraer. Nessa associação, a empresa brasileira terá o controle e 51% do capital, registra a “VEJA“.

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on reddit
Share on linkedin
Share on vk

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...