Parlamentares repudiam censura do STF contra a revista Crusoé

Idiomas:

Português   English   Español
Parlamentares repudiam censura do STF contra a revista Crusoé
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

O ministro Alexandre de Moraes, do STF, determinou que a revista Crusoé retire “imediatamente” do ar a reportagem intitulada “O amigo do amigo de meu pai”.


O Antagonista publicou posicionamentos de senadores e deputados sobre a determinação do Supremo Tribunal Federal (STF) para que uma reportagem da revista Crusoé sobre o presidente da Corte, Dias Toffoli, seja retirada do ar “imediatamente”.

O ministro Alexandre de Moraes, relator do inquérito aberto por Toffoli sobre fake news e calúnias contra ministros, alegou “claro abuso no conteúdo da matéria veiculada” e ordenou que a Polícia Federal (PF) intime os responsáveis pela publicação da reportagem “para que prestem depoimentos no prazo de 72 horas”.

O senador Reguffe, no plenário do Senado, repudiou a censura imposta pelo magistrado do STF:

“Quero aqui prestar minha solidariedade a esses dois veículos de comunicação. Não cabe censura neste país, não cabe ao STF agir com corporativismo. Se há alguma injustiça, que se busque indenização, há uma série de meios. Agora, o STF agir assim porque um do seus membros é alvo de matéria não me parece ser o melhor caminho.”

O senador Randolfe Rodrigues criticou a decisão do ministro de censurar Crusoé e O Antagonista:

“Tempos tristes em que aqueles que têm a responsabilidade constitucional de defender a liberdade de expressão se encarregam de censurá-la e encarcerá-la. […] É mais uma razão para a CPI. Se tem algo que é abuso de autoridade é se utilizar das prerrogativas do poder que tem para restringir a liberdade. Isso é abuso de autoridade de quem deveria proteger a Constituição.”

O senador Jorge Kajuru, na tribuna do Senado, também criticou a decisão:

“Isso é uma agressão à democracia, à liberdade de imprensa, que é um pilar de qualquer democracia. Está acontecendo agora. Será que este Congresso Nacional não vai ser solidário? Este Congresso vai permitir que isso aconteça? Ninguém aqui vai se rebelar? Amanhã poderá ser um de nós. Hoje é uma revista, um jornal digital. Não tem cabimento. Como um ministro manda fazer isso?”

A deputada Joice Hasselmann, líder do governo do presidente da República, Jair Bolsonaro, no Congresso, também se posicionou contra a censura:

“Sou defensora da plena liberdade de imprensa. É um princípio básico da nossa democracia.”

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...