95% do Parlamento da Hungria votou contra cotas de imigrantes impostas pela União Europeia

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

A votação aconteceu na terça-feira (12) no parlamento húngaro e deixou claro que o país não vai aceitar imposições da União Europeia no seu sistema migratório.

A resolução foi aprovada com 142 votos a favor e apenas 3 deputados independentes votaram contra. Os socialistas, a Coalizão Democrática de Esquerda e o Partido Verde não participaram da sessão.

Szilard Nemeth, porta-voz do partido governista, disse que a ausência de alguns partidos demonstrou que toda “esquerda do país está dando apoio ao plano de Soros” e deixou claro quem está realmente lutando pela defesa dos interesses do povo húngaro.

Alguns dias atrás, a União Europeia entrou com processo na Suprema Corte para punir países rejeitando a cota mandatória de imigrantes, entre eles a Hungria.

Com informações de: (1)

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.