Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Partido Comunista da China quer revisar a Bíblia

COMPARTILHE

De acordo com um documento oficial divulgado pela Administração Estatal da China para Assuntos Religiosos, uma das maiores tarefas nos próximos anos é aperfeiçoar “o cristianismo e a teologia ao estilo chinês”, reinterpretando e retraduzindo a Bíblia.

O projeto, intitulado “Princípio para a promoção do cristianismo chinês na China para os próximos cinco anos (2018-2022)”, foi formalmente lançado em Nanjing, no leste da China, em 28 de março. Dois dias depois, as Bíblias começaram a desaparecer nos sites de vendas.

A ABC relata que o termo “Bíblia” pode ter sido acrescentado à lista de termos censurados na internet chinesa, já que desde 1 de abril ele não aparece mais em algumas ferramentas de busca e na popular rede social Weibo – microblog similar ao Twitter.

Curiosamente, Nanjing abriga o maior parque gráfico de impressão bíblica do mundo. Ali já foram impressas 155 milhões de cópias da Bíblia, em mais de 90 idiomas, distribuídos para mais de 70 países do mundo. Mas nunca publicou edições em mandarim ou cantonês.

 

Com informações de: [GospelPrime]

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

PUBLICIDADE