Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch
Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch

Partido de Salvini pede referendo sobre sistema eleitoral da Itália

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Partido de Salvini pede referendo sobre sistema eleitoral da Itália

“Precisamos de uma lei eleitoral clara. Quem recebe um voto a mais vence, como acontece nas regiões”, disse Salvini.

Uma delegação do partido direitista Liga, liderado pelo ex-vice-premiê Matteo Salvini, entregou à Corte de Cassação, nesta segunda-feira (30), um pedido formal para convocar um referendo sobre o sistema eleitoral da Itália.

A ação foi aprovada pelas assembleias legislativas de oito das 20 regiões do país:

  • Abruzzo;
  • Basilicata;
  • Friuli Veneza Giulia;
  • Ligúria;
  • Lombardia;
  • Piemonte;
  • Sardenha;
  • Vêneto.

Em entrevista à agência ANSA, Salvini declarou:

“Precisamos de uma lei eleitoral clara. Quem recebe um voto a mais vence, como acontece nas regiões.”

E acrescentou:

“Quanto antes se votar, melhor, mas é importante fazê-lo com uma lei eleitoral que permita governar.”

O objetivo da Liga é trocar o sistema proporcional por um modelo majoritário que dê o governo ao partido mais votado, independentemente do percentual.

De acordo com as últimas pesquisas, o partido de Salvini venceria a disputa em eventuais eleições antecipadas, mas com 30% a 35% dos votos, número insuficiente para lhe garantir maioria no Parlamento.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email