Partido direitista da Alemanha quer Ozil e Gundogan fora da seleção

Idiomas:

Português   English   Español
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

O partido direitista Alternativa para a Alemanha (AfD) pediu nesta terça-feira (19) o corte dos jogadores de futebol Mesut Ozil e Ilkay Gundogan da seleção que disputa a Copa do Mundo da Rússia.

A indignação do partido AfD aconteceu após os atletas posarem para fotos com Recep Tayyip Erdogan, o líder do regime islâmico da Turquia.

Os dois jogadores de ascendência turca revoltaram alguns torcedores e políticos da Alemanha quando foram fotografados sorrindo ao lado de Erdogan no mês passado, e enfrentaram uma avalanche de críticas desde então.

Parlamentares e até a Federação Alemã de Futebol argumentaram que Erdogan não respeita suficientemente os valores alemães.

 

Com informações da Reuters Brasil

Newsletter RENOVA

Receba diariamente as principais notícias do Brasil e do Mundo.

Curta e compartilhe esta notícia

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on google
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário

Veja outras notícias em destaque