Partido direitista da Alemanha quer Ozil e Gundogan fora da seleção

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

O partido direitista Alternativa para a Alemanha (AfD) pediu nesta terça-feira (19) o corte dos jogadores de futebol Mesut Ozil e Ilkay Gundogan da seleção que disputa a Copa do Mundo da Rússia.

A indignação do partido AfD aconteceu após os atletas posarem para fotos com Recep Tayyip Erdogan, o líder do regime islâmico da Turquia.

Os dois jogadores de ascendência turca revoltaram alguns torcedores e políticos da Alemanha quando foram fotografados sorrindo ao lado de Erdogan no mês passado, e enfrentaram uma avalanche de críticas desde então.

Parlamentares e até a Federação Alemã de Futebol argumentaram que Erdogan não respeita suficientemente os valores alemães.

 

Com informações da Reuters Brasil

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.