Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Partido direitista recém-criado controla Senado na Holanda

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Partido direitista recém-criado controla Senado na Holanda

Fórum para a Democracia (FvD), partido liderado pelo direitista Thierry Baudet, tem agora a maioria no Senado na Holanda.

O FvD superou o partido do primeiro-ministro, Mark Rutte, segundo os resultados divulgados nesta quinta-feira (21) das eleições provinciais na Holanda.

O líder partidário Thierry Baudet é classificado pela velha imprensa internacional com os tradicionais rótulos utilizados contra políticos de viés direitista.

“Baudet é conhecido por suas declarações sexistas, antimigratórias, eurofóbicas, antifeministas”, diz a agência EFE.

Ao que tudo indica, a população holandesa não compartilha da mesma opinião que os veículos de imprensa.

Pela primeira vez desde as reformas políticas de 1917, um partido recém fundado como o FvD (2016) se tornou maior que as três tendências estabelecidas: confessional, liberal e social-democrata.

Com 93% dos votos apurados, a coalizão governista – formada pelos liberais VVD, Chamada Democrata-Cristã (CDA), Democratas 66 e União Cristã – perdeu a maioria porque soma apenas 31 das 75 cadeiras do Senado, que tem a última palavra para a aprovação das leis na Holanda.

Embora o FvD tenha os mesmos 12 senadores que o partido de Rutte, na realidade, a legenda direitista supera em votos os liberais, se tornando o maior partido do Senado em número de eleitores.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email