PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Partidos de esquerda impulsionam protestos contra Bolsonaro

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Partidos de esquerda também apoiam os atos, entre eles PT, PSOL e PCdoB.

PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

O protestos contra o presidente Jair Bolsonaro, neste sábado (19), ganharam caráter mais partidário, recebendo um amplo impulsionamento de legendas de esquerda, principalmente do Partido dos Trabalhadores (PT).

A manifestação de hoje acontece em meio à pandemia do novo coronavírus, que, até o momento, matou mais de 500 mil pessoas no Brasil.

O ex-presidente Lula da Silva, que se apresenta como um possível pré-candidato ao Planalto em 2022, chegou a cogitar sair às ruas. Até o momento de produção desta matéria, no entanto, isto não aconteceu.

De acordo com reportagem publicada pelo portal UOL, estas manifestações “ganharam caráter mais partidário e pró-Lula em relação às manifestações que ocorreram em maio“.

Outros partidos de esquerda também apoiam os atos, entre eles PSOL e PCdoB.

Formalmente, os atos foram convocados por grupos alinhados à extrema esquerda, como a Frente Brasil Popular, o Povo Sem Medo, a Coalizão Negra por Direitos e por outros seis centrais sindicais.

De acordo com os organizadores, foram confirmados atos em mais de 400 cidades dos 27 Estados.

Ao longo deste sábado, os perfis oficiais destas siglas de esquerda e os dos seus membros estão inundando as redes sociais com hashtags, fotos, vídeos e palavras de ordem.

Os atos também estão sendo amplificados por sites, blogs e influenciadores digitais alinhados aos ideais destes partidos.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.