- PUBLICIDADE -

Pássaro? Meteoro? Não, é o lixo espacial de Musk

Pássaro? Meteoro? Não, é o lixo espacial de Musk

A reentrada do lixo espacial da nave Falcon 9, da SpaceX, foi observada dias atrás.

- PUBLICIDADE -

Na última quinta-feira, 25 de março, um grupo de pessoas filmou com admiração os céus de Portland e Seattle, nos Estados Unidos, enquanto um estranho fluxo de luzes brilhantes enchia de cores o céu noturno.

Os serviços meteorológicos estaduais e um astrônomo de Harvard concluíram que as luzes parecem ser destroços espaciais de um foguete Falcon 9, da SpaceX, resultado do lançamento de um satélite Starlink em março.

Reprodução/Twitter

O escritório do Serviço Meteorológico Nacional, em Portland, confirmou ter recebido “uma série de ligações” sobre o evento. 

O perfil oficial do órgão apontou para um tuíte do astrônomo Jonathan McDowell, que é afiliado ao Harvard-Smithsonian Center for Astrophysics.

“O segundo estágio do lançamento do Falcon 9, em 4 de março, falhou e agora está entrando novamente após 22 dias em órbita. Sua reentrada foi observada na área de Seattle por volta das 0400 UTC de 26 de março”, escreveu McDowell.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -