Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch
Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch

Pastores mexicanos perseguidos e mortos por traficantes

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

Somente no mês de junho, houve 177 assassinatos na cidade de Juarez, a grande maioria resultante de conflitos de traficantes que procuram dominar a área.

Evitando divulgar seu nome por motivos de segurança, um líder evangélico disse que tornou-se um alvo porque o trabalho de sua igreja está tirando pessoas das drogas, o que é mal visto pelos cartéis.

Ele conta que, dia 12 de junho, um assassino entrou em sua casa. Armado, exigiu que o pastor se ajoelhasse e avisou: “você não sabe com quem está mexendo”. Porém, quando o bandido puxou o gatilho, não conseguia disparar. Passou então a agredir o religioso até deixa-lo inconsciente, fugindo em seguida.

Os registros de mortes violentas no México aumentaram drasticamente no último ano.

De acordo com o Instituto Nacional de Estatística e Geografia, em 2017 houve mais de 30.000 homicídios em território mexicano, o maior já registrado na história do país.

De acordo com a Missão Portas Abertas, que luta contra a perseguição religiosa em todo o mundo: “os cristãos ativamente praticantes tornaram-se alvos”.

Dennis Petri, analista latino-americano da organização, destaca:

Sempre que um cristão começa a se engajar em serviço social – por exemplo, montando uma clínica de reabilitação ou organizando trabalhos para jovens – isso é uma ameaça direta às atividades e interesses do crime organizado, pois os afasta das drogas, o que é uma ameaça direta ao mercado lucrativo dos traficantes.

Petri mencionou que há vários registros de pastores que foram mortos recentemente por terem um trabalho efetivo no combate às drogas e na recuperação de usuários de drogas. Além de clínicas, ministérios fazer ações como escolinhas esportivas, que também passam uma mensagem contra o uso de drogas.

 

Adaptado da fonte Gospel Prime

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email