Português   English   Español

Paulo Guedes diz que investigação contra ele é para ‘confundir eleitor’

O economista Paulo Guedes afirmou ter recebido com perplexidade a notícia sobre a abertura de uma investigação criminal contra ele pelo Ministério Público Federal (MPF).

Por meio de nota divulgada por seus advogados, o conselheiro econômico do candidato Jair Bolsonaro (PSL) diz que a abertura da apuração é “uma afronta à democracia” cujo principal “objetivo é o de confundir o eleitor”.

Paulo Guedes acrescentou, segundo informações da Gazeta do Povo:

Causa perplexidade que, às vésperas da definição da eleição presidencial, tenha sido instaurado um procedimento para apurar fatos apresentados por um relatório manifestamente mentiroso. Resta claro que essa iniciativa é uma afronta à democracia cujo principal objetivo é o de confundir o eleitor.

O relatório citado por Guedes é o produzido pela Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc). Conforme noticiado pela Renova Mídia, o órgão foi totalmente aparelhado pelo Partido dos Trabalhadores.

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter