Português   English   Español

Paulo Guedes empolgado com futuro da economia do Brasil

Paulo Guedes empolgado com futuro da economia do Brasil
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

“Congresso está começando a entender a música que está chegando”, afirmou o ministro Guedes.


O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que “o Congresso está começando a entender a música que está chegando”.

Em reunião convocada por Paulo Uebel, secretário de Desburocratização do governo federal, nesta quarta-feira (14), Guedes falou sobre as iniciativas propostas pela sua pasta nos oito primeiros meses do governo Jair Bolsonaro:

“[É] Uma música boa. Eles estão gostando de cantar essa música. [Eles, o Congresso] Estão abraçando as reformas. Isso é um avanço espetacular para a nossa causa.”

O ministro acrescentou:

“Durante a nossa transição [de gestão do governo federal], entre nós, brincávamos sempre com uma música. Acho que era o Bruce Springsteen, aquele roqueiro lá, americano. O verso era mais ou menos assim: ‘We made our promisses / We will always remember / No retreat / No surrender’. Quer dizer, nós assumimos o nosso compromisso, nós vamos sempre nos lembrar e não vamos recuar”.

Em um discurso de cerca de 40 minutos, Guedes também traçou um panorama de outras iniciativas e projetos propostos pela pasta:

“Estamos abrindo a economia, reduzindo a máquina do estado, privilegiando o cidadão. Vamos fazer a reforma tributária, fazer as privatizações.”

E, segundo o jornal Folha de S.Paulo, completou:

“Demos só o passo inicial na [reforma da] Previdência. Está todo todo mundo feliz, mas nós não estamos ainda. Achamos que foi só um passo inicial. Agora nós vamos para a [reforma] tributária. Não resolvemos ainda o problema de geração de empregos aos milhões e de acumulação de capital, que o Brasil precisa. Então esses dois itens estão faltando aí.”

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on reddit
Share on linkedin
Share on vk

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...