Português   English   Español

Paulo Preto quer ser julgado pela Justiça Eleitoral

Paulo Preto quer ser julgado pela Justiça Eleitoral
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Paulo Preto é acusado de participar de um esquema de pagamento de propina da empreiteira Odebretch para políticos.


Apontado como operador do PSDB, o ex-diretor da Dersa, Paulo Vieira de Souza, apelidado de Paulo Preto, pediu ao juiz Luiz Antonio Bonat, da 13ª Vara Federal de Curitiba, para que seu processo seja transferido para a Justiça Eleitoral em São Paulo.

A defesa de Paulo Preto alega que o caso de lavagem de dinheiro está relacionado a outras denúncias de corrupção na Dersa, empresa estatal localizada em São Paulo.

No pedido, os advogados do empresário afirmam:

“Existindo procedimentos distintos que tramitam em três juízos distintos e que apuram fatos nitidamente correlatos, sendo um dos juízos especial, torna-se o juízo eleitoral, por ser especial, o único competente para dar seguimento a qualquer uma das três investigações.”

Paulo Preto foi preso preventivamente no dia 19 de fevereiro deste ano. Ele é acusado de participar de um esquema de pagamento de propina da empreiteira Odebretch para políticos.

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...