- PUBLICIDADE -

Pazuello é criticado por participar de ato pró-Bolsonaro

Pazuello é criticado por participar de ato pró-Bolsonaro
- PUBLICIDADE -

General da ativa, Pazuello é criticado por ir a marcha pró-Bolsonaro.

Políticos da oposição criticaram a participação do ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, em ato no Rio de Janeiro a favor do presidente da República, Jair Bolsonaro.

O general da ativa foi um dos milhares de apoiadores de Bolsonaro que participaram da grande manifestação. 

Pazuello, como militar da ativa, está proibido pelo Estatuto dos Militares e pelo Regulamento Disciplinar do Exército Brasileiro de participar de manifestações coletivas de caráter político.

Em seu perfil oficial no Twitter, o PSDB criticou a participação de Pazuello:

“Um General de Divisão do Exército Brasileiro participando de um evento de natureza política não condiz e não respeita a instituição da qual faz parte.”

Um dos titulares da CPI da Pandemia, o senador Humberto Costa (PT-PE), também criticou a presença do general:

“Bolsonaro e Pazuello: Um manda, outro obedece.”

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -