PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Pazuello quer adquirir 46 milhões de doses da vacina chinesa

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Brasil pretende reforçar estratégia de imunização contra o coronavírus com a vacina chinesa.

PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, assinou, nesta terça-feira (20), um protocolo de intenções para adquirir 46 milhões de doses da vacina chinesa contra o coronavírus, que está em desenvolvimento no Brasil em parceria com o Instituto Butantan.

Pazuello disse que as doses serão distribuídas a todo o Brasil por meio do Programa Nacional de Imunizações (PNI).

Em comentários sobre o assunto, Pazuello declarou:

“Temos a expertise de todos os processos que envolvem esta logística, conquistada ao longo de 47 anos de PNI. As vacinas vão chegar aos brasileiros de todos os estados.”

E acrescentou:

“Nossa estratégia prioriza a transferência de tecnologia – o que nos permitirá produzir as vacinas no Brasil.”

O processo de aquisição terá continuidade após aprovação e registro do imunobiológico junto à Anvisa.

No documento enviado ao Instituto Butantan, o ministro Pazuello também solicitou todos os documentos comprobatórios dos ensaios clínicos já realizados e daqueles em andamento referentes à vacina chinesa.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.