- PUBLICIDADE -

PCC teria ameaçado relator do pacote anticrime de Moro no Senado

PCC teria ameaçado relator do pacote anticrime de Moro no Senado
- PUBLICIDADE -

Marcos do Val (PPS-ES) informou que uma quadrilha de bandidos foi identificada como a autora dos ataques sofridos por ele e sua família.

O Ministério da Justiça já sabe de onde partiram as ameaças lançadas contra o senador Marcos do Val (PPS-ES), relator do pacote anticrime elaborado pelo ministro Sérgio Moro.

Segundo o próprio senador, as ameaças partiram de uma quadrilha, mas o parlamentar preferiu não dizer de onde os bandidos seriam.

Moro esteve no Senado para tratar do assunto na tarde desta segunda-feira (8). Ele chegou ao gabinete de Marcos do Val por volta das 16h50 e por lá ficou por uma hora e 30 minutos, informa o Metrópoles.

Ao fim do encontro, Moro disse que os fatos seguem sendo investigados:

“O senador já tomou as medidas necessárias para garantir a segurança dele e de sua família, e é tudo que pode ser falado neste momento.”

Já Marcos do Val explicou que diversos órgãos de segurança e de inteligência trabalharam juntos para chegarem à identificação dos suspeitos:

“Foi uma mensagem muito grave a um senador da República. Infelizmente eu vou ter de manter uma segurança especial para mim e minha família. Pelo perfil das ameaças, seriam, sim, vindas do PCC [Primeiro Comando da Capital].”

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -