Português   English   Español

PDT está com Haddad e proíbe membros de apoiar Bolsonaro

Twitter
WhatsApp
Facebook
Google+
LinkedIn
Pinterest

Carlos Lupi, presidente do PDT do candidato derrotado Ciro Gomes, confirmou nesta quarta-feira (10) que topou compor a “frente democrática” proposta pelo Partido dos Trabalhadores (PT).

Segundo registro do Valor, Carlos Lupi declarou:

Essa frente democrática é muito mais do que eleitoral. É uma frente contra o risco que a democracia corre hoje.

E acrescentou:

Muita gente diz que se o Bolsonaro ganhar vem golpe. Não vem, ele é o golpe. É um capitão candidato a presidente e um general candidato a vice-presidente. Para que golpe?

Ciro Gomes, seu irmão Cid, eleito senador pelo Ceará, a candidata a vice-presidente na chapa do partido, Katia Abreu, e o deputado André Figueiredo também participaram da reunião da Executiva Nacional do PDT, na sede do partido em Brasília.

De acordo com informações de O Antagonista, o presidente do PT explicou que Ciro Gomes não vai subir no palanque com Fernando Haddad e que “integrantes do partido estão proibidos de apoiar Bolsonaro”.

Twitter
WhatsApp
Facebook
Google+
LinkedIn
Pinterest

Deixe seu comentário

Veja também...

Anunciante
e-consulters
Parceiro

Assine nossa Newsletter!

Preencha o formulário para assinar.

Nome Email
newsletter

Últimas publicações