Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

PEC que acaba com foro privilegiado está engavetada há 1.282 dias

Comissão da Câmara aprova texto que restringe foro privilegiado de políticos
COMPARTILHE

Proposta acabaria com o foro privilegiado de mais de 55 mil autoridades no Brasil.

O senador Alvaro Dias (Podemos-PR) voltou a cobrar, nesta quarta-feira (9), a votação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) de sua autoria que acaba com o foro privilegiado de mais de 55 mil autoridades no Brasil.  

A PEC preserva o foro especial apenas para os presidentes da República, da Câmara, do Senado e do Supremo Tribunal Federal (STF).  

Todas as demais autoridades, sejam elas parlamentares, ministros, juízes, governadores, procuradores e comandantes das Forças Armadas, seriam julgadas a partir da 1ª instância em caso de crimes comuns.  

Em mensagem publicada no Twitter, Dias afirma que seu projeto está engavetado na Câmara dos Deputados há 3 anos, 6 meses e 2 dias. 

“1.282 dias de engavetamento! Continuaremos tentando, com a certeza de que seremos ouvidos. Tentar até conseguir”, escreveu o senador. 

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
4 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários
Emerson Pereira de Souza
Emerson Pereira de Souza
1 mês atrás

Os presidentes das casas não pautam porque sabem que vão precisar dele! Apoiados por grande parte dos parlamentares engavetam mesmo! Canalhas!

Fernando Fuhr
Fernando Fuhr
1 mês atrás

Porque será que está engavetado né?
É só olhar para os presidentes da câmara e senado que vão descobrir.

J4S0N7
J4S0N7
1 mês atrás

Gestão Alcolumbre/Maia.! Graças a Deus o reinado desses 2 acabou.

Paulo
Paulo
Responder  J4S0N7
1 mês atrás

E quem será que vem por aí?

PUBLICIDADE