Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Pedido da PGR sobre Lava Jato ‘causa estranheza’, diz Moro

Provas apontam que Lula se corrompeu diz Moro
Imagem: André Borges/Metrópoles
COMPARTILHE

“Registro minha solidariedade aos procuradores competentes que preferiram deixar seus postos em Brasília”, diz Moro.

O ex-ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, afirmou, no último sábado (27), que “causam estranheza” os pedidos da Procuradoria-Geral da República (PGR) para obter informações da operação “Lava Jato”. 

Na última sexta-feira (26), membros do grupo de trabalho da operação na PGR pediram demissão após uma diligência feita pela subprocuradora Lindôra Araújo, braço-direito do procurador-geral Augusto Aras, no Ministério Público Federal (MPF) no Paraná em busca de informações sobre o início da operação.

Em ofício a Aras, a Lava Jato demonstrou desconforto com o recolhimento de dados da operação “sem prestar informações sobre a existência de um procedimento instaurado, formalização ou escopo definido”.

Em nota, Sérgio Moro, que atuou por muito tempo como juiz da Lava Jato em Curitiba, declarou:

“Aparentemente, pretende-se investigar a Operação Lava Jato em Curitiba. Não há nada para esconder nela, embora essa intenção cause estranheza.”

E acrescentou:

“Registro minha solidariedade aos procuradores competentes que preferiram deixar seus postos em Brasília.”

Referências: [1]

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE