PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Pedido de Fujimori por auditoria internacional no Peru é rejeitado

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

A filha do ex-presidente Alberto Fujimori contesta o resultado da eleição.

PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

O governo do Peru rejeitou, na última sexta-feira (2), um pedido da candidata presidencial Keiko Fujimori de buscar uma auditoria internacional da eleição de 6 de junho.

A decisão deixa Fujimori com poucos recursos para derrubar a aparente liderança de seu rival, o sindicalista Pedro Castillo.

Em carta enviada a Fujimori, o ministro da Justiça, Eduardo Vega, explicou que legalmente o governo não pode intervir enquanto o júri eleitoral do país analisa suas denúncias de supostas irregularidades.

Fujimori alegou fraude, embora não tenha fornecido provas públicas disso, e buscou uma recontagem das cédulas, assim como uma intervenção internacional.

No entanto, as principais entidades internacionais reconheceram a legalidade da vitória de Castillo no pleito peruano.

Até mesmo o governo dos Estados Unidos, como noticiou a Renova, admitiu que o sindicalista saiu vitorioso da eleição presidencial.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.