PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Pedidos de demissão dos EUA batem recorde na era Biden

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

O índice de demissões foi especialmente alto no setor de lazer e hospitalidade.

PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Milhões de trabalhadores dos Estados Unidos deixaram voluntariamente os empregos nos últimos meses.

De acordo com dados do Departamento do Trabalho dos EUA, dquase 4 milhões de pessoas saíram dos empregos em abril.

Este é o maior número já registrado, elevando o índice para 2,7% dos empregados.

As informações foram divulgadas, nesta terça-feira (22), em reportagem publicada pelo jornal Folha.

O índice de demissões foi especialmente alto no setor de lazer e hospitalidade, um dos mais afetados pela pandemia de coronavírus.

No entanto, o elevado número de demissionários foi registrado em todos os setores da economia norte-americana.

Os economistas acreditam este alto número de demissões voluntárias vai permanecer durante mais alguns meses, enquanto a crise sanitária recua e a economia se reequilibra.

O início do governo do presidente Joe Biden, do Partido Democrata, está longe de ser o “sonho” vendido pelos críticos do ex-presidente Donald Trump.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.