- PUBLICIDADE -

Pela 3ª vez, Fiocruz entrega mais vacinas que o previsto

Maior fábrica de vacinas da América Latina será no Brasil
- PUBLICIDADE -

O número de doses entregue supera em 600 mil o previsto inicialmente.

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) anunciou, nesta sexta-feira (14), a entrega de mais 4,7 milhões de doses da vacina contra a Covid-19

O número supera em 600 mil o previsto inicialmente. Esta é a terceira semana que a Fiocruz entrega mais doses do que o estimado. 

O mesmo já havia ocorrido em 23 de abril, quando foi entregue 500 mil doses extras, e em 30 de abril, quando o incremento foi de 900 mil doses. 

Em nota, a Fiocruz declarou:

“O aumento do quantitativo nesta semana foi possível por conta da antecipação de lotes previstos para serem liberados na próxima semana. As entregas ocorrem em duas remessas: uma, com 217 mil doses, para o estado do Rio de Janeiro; e outra, com o restante do quantitativo, para o almoxarifado designado pelo Ministério da Saúde, de onde sairão as doses para os demais estados, até o final do dia.”

A vacina produzida pela instituição é a Covishield, que já possui registro definitivo na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e está sendo utilizada no controle da pandemia seguindo os critérios do PNI. 

Ela foi desenvolvida por meio de uma parceria entre a Universidade de Oxford e a farmacêutica inglesa AstraZeneca, que firmaram com a Fiocruz, no ano passado, um acordo para transferência de tecnologia.

Com a nova entrega, a instituição chega à marca de 34,9 milhões de doses disponibilizadas ao PNI. 

Os primeiros lotes da vacina que chegaram ao país em janeiro foram importados da Índia. A fabricação em larga escala no Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos da Fiocruz (Bio-Manguinhos) teve início em março.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -