Português   English   Español

Penas acumuladas de Sergio Cabral chegam a 198 anos

O juiz federal Marcelo Bretas, titular da 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro, condenou mais uma vez nesta segunda-feira (3) o ex-governador Sergio Cabral.

Sergio Cabral foi condenado a catorze anos e cinco meses de reclusão em regime fechado, por lavagem de dinheiro e favorecer a ex-mulher, Susana Neves Cabral, e o irmão dele, Maurício de Oliveira Cabral Santos.

Com a condenação desta segunda-feira (3), a oitava na Lava Jato, as penas do ex-governador do Rio de Janeiro chegam a 197 anos e onze meses de reclusão. O emedebista está preso desde novembro de 2016, registra a revista “Veja“.

Susana Neves e Maurício Cabral também foram condenados na ação. Susana, a oito anos e quatro meses de prisão em regime fechado, e Maurício, a quatro anos e seis meses de prisão em regime semiaberto.

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter