Pence diz que memorando questiona integridade do FBI e DOJ

US President Donald Trump and Vice President Mike Pence speak to the press on August 10, 2017, at Trump's Bedminster National Golf Club in New Jersey before a security briefing. / AFP PHOTO / NICHOLAS KAMM / ALTERNATIVE CROP NICHOLAS KAMM/AFP/Getty Images

Vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, disse que o memorando divulgado na sexta-feira (02/02) pelo Congresso “suscita sérias preocupações” sobre a integridade do FBI e do Departamento de Justiça.

Em entrevista na televisão de Pittsburgh na sexta-feira (02/02), Pence declarou:

Eu tive a chance de ver o memorando e nossa administração acredita que ele suscita sérias preocupações sobre a integridade das decisões que foram feitas no mais alto nível do Departamento de Justiça e do FBI. Nós vamos continuar trabalhando com o Congresso para praticar a transparência e liberar toda essa informação para o povo americano.

Na sexta-feira, os líderes republicanos no Comitê de Inteligência da Câmara publicaram o memorando após aprovação presidencial. O documento sugere que o FBI e o DOJ solicitaram um mandado de vigilância contra o assessor da campanha de Trump, Carter Page, utilizando como evidência um dossiê anti-Trump financiado pelo partido Democrata.

A declaração de Mike Pence sobre a transparência está de acordo com o posicionamento do presidente do Comitê de Inteligência, o republicano Devin Nunes, que deu a entender que mais memorandos sobre esta investigação deverão ser liberadas pelo presidente Trump e tornadas públicas.

Após publicação do memorando, o presidente Donald Trump disse que o documento comprovava sua inocência e lembrou que a investigação sobre influência da Rússia não encontrou nenhuma evidência de conluio em mais de um ano de buscas intensas.

Com informações de: [FoxNews]
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *