Pense duas vezes antes de chamar alguém de fascista

O fascismo se destacou no linguajar político nas últimas eleições pelo globo.


A vitória do presidente norte-americano, Donald Trump, e do brasileiro Jair Bolsonaro, de acordo com muitas correntes, principalmente de esquerda, foi o resultado da ascensão desta ideologia no mundo.

Nada mais falso. O fascismo é uma corrente ideológica muito particular que, para o seu crescimento, são necessários o advento e a queda de alguns valores no mundo, que, atualmente, não se encontram nessa situação.

Um exemplo é a despopularização do liberalismo. O ditador italiano Benito Mussolini odiava a visão liberal, tanto econômica, política, e social. Para ele, esse é um valor que destruiria a nação e consequentemente a sociedade.

Siga a RENOVA no TWITTER e acompanhe todas as notícias em tempo real.

Há outros valores e filosofias que ele detestava, afinal, Mussolini viveu em um período de efervescência ideológica na Europa. Muitos pensadores contemporâneos a ele formaram a sua visão de mundo e consequentemente a ideologia fascista.

O vídeo abaixo mostrará a origem do fascismo, sua raiz ideológica e quem influenciou o ditador Mussolini.

Além disso, você poderá conferir que o fascismo, diferentemente do que dizem muitos pensadores brasileiros, não tem nada de conservador.

Confira o vídeo do canal Contextualize:

Os pontos de vista expressos neste artigo são as opiniões do autor e não refletem necessariamente a posição da RENOVA Mídia.

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

Veja também...