Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Pentágono revela detalhes do novo míssil hipersônico dos EUA

Pentágono revela detalhes do novo míssil hipersônico dos EUA
COMPARTILHE

“Os adversários tomaram a decisão de desenvolver seus sistemas hipersônicos”, alerta oficial do Exército dos EUA.

Autoridades do Ministério da Defesa dos Estados Unidos revelaram detalhes sobre o míssil que o presidente Donald Trump vem apontando como parte de um grande esforço norte-americano para acompanhar os programas de armas hipersônicas da China e da Rússia.

Um oficial da pasta disse à emissora CNN que no teste de voo mais recente, o míssil alcançou uma velocidade 17 vezes superior a do som.

Os mísseis hipersônicos viajam pelo menos a cinco vezes a velocidade do som. Eles são considerados altamente manobráveis e capazes de operar em diferentes altitudes.

A Rússia anunciou que colocou seu míssil hipersônico com capacidade nuclear conhecido como “The Avangard” em serviço de combate no final do ano passado.

Já o regime comunista da China recentemente exibiu sua arma hipersônica, o DF-17, durante um desfile militar do Exército de Libertação Popular.

Quando o assunto é armas hipersônicas, os EUA reconheceram que precisam alcançar Moscou e Pequim.  O Pentágono solicitou bilhões para o desenvolvimento de armamentos.

“Tenho plena confiança de que nos atualizaremos e estamos investindo em hipersônicas”, disse à CNN o Secretário Assistente de Defesa para Estratégia, Planos e Capacidades, Vic Mercado.

“Os adversários tomaram essa decisão de desenvolver seus sistemas hipersônicos, e isso realmente cria uma potencial assimetria na capacidade de combate. Se quisermos garantir o nosso domínio militar, simplesmente não podemos permitir”, acrescentou o oficial do Exército dos EUA.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários