- PUBLICIDADE -

Pente-fino do INSS barra 170 mil benefícios irregulares no Brasil

Pente-fino do INSS barra 170 mil benefícios irregulares no Brasil

- PUBLICIDADE -

O atual pente-fino foi criado por medida provisória do presidente Bolsonaro ainda no início do ano.

O pente-fino aplicado pelo governo do presidente Jair Bolsonaro nos benefícios do INSS com indícios de irregularidades encerrou pagamentos de 170 mil segurados no primeiro semestre de 2019 em todo o Brasil.

A economia mensal estimada com os cortes é de R$ 177 milhões. Em um ano, o governo avalia que deixará de gastar R$ 2,1 bilhões, informa o site Agora São Paulo.

Os casos mais comuns de irregularidades são de pagamento após a morte do segurado, acúmulo indevido de benefícios e fraudes por meio da apresentação de documentos falsos ao INSS.

Ao longo dos primeiros seis meses do ano, o INSS também notificou 1,3 milhão de segurados cujos cadastros tinham indícios de irregularidades ou inconsistências. A média mensal de notificações neste ano superou em 975% o resultado obtido em 2018.

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -