- PUBLICIDADE -

Pequim expande milícia marítima no Mar da China Meridional

Pequim expande milícia marítima no Mar da China Meridional

Marinha chinesa avança com milícia marítima no Mar da China Meridional.

- PUBLICIDADE -

Centenas de barcos e milhares de tripulantes formam uma milícia marítima controlada pelo Partido Comunista Chinês (PCCh).

Os integrantes deste grupo foram apelidados de “Pequenos Homens Azuis”.

Já o governo dos Estados Unidos chama-os de Milícia Marítima das Forças Armadas do Povo (PAFMM).

Pequim não reconhece a existência dessa esquadra e, quando questionada pela imprensa, refere-se a eles como uma “suposta milícia marítima”.

Especialistas ocidentais apontam que essa suposta milícia é parte integrante dos esforços chineses para consolidar suas reivindicações territoriais no Mar da China Meridional e além dele. 

Os vários navios pintados de azul podem ser usados por Pequim para garantir uma presença chinesa tão grande em torno de recifes e ilhas disputadas que seria quase impossível tirá-los de lá sem desencadear um confronto militar.

Analistas do Instituto Internacional de Estudos Estratégicos (IISS) dizem que nunca viram uma operação chinesa desse porte anteriormente. 

De acordo com o texto de um relatório de dezembro feito pelos chefes da Marinha dos EUA:

“A Milícia Marítima é usada por Pequim para ‘subverter a soberania de outras nações e impor reivindicações ilegais’.”

O documento acrescenta:

“A milícia é um componente-chave das Forças Armadas da China e parte do que chama de ‘Sistema de Forças Armadas do Povo’.”

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -