Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Perfil verificado pelo Twitter ensina mulheres a abortar bebês

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Perfil verificado pelo Twitter ensina mulheres a abortar bebês
COMPARTILHE

Revista feminista está sofrendo duras críticas após publicação ensinado mulheres a abortar.

“Como é feito um aborto seguro?” é o título da manchete de uma matéria publicada no site da revista AzMina, na tarde desta quarta-feira (18).

Em postagem na rede social Twitter, o perfil verificado da revista apresenta o “protocolo recomendado pela OMS para o aborto com Misoprostol”.

A reportagem da jornalista Helena Bertho, com edição de Thais Folego, explica detalhadamente a forma mais eficaz de abortar um bebê utilizando o medicamento Misoprostol, que, segundo o site, é recomendado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) como um método seguro, além da aspiração intrauterina.

A reportagem foi alvo de críticas intensas na rede social Twitter, com muitos usuários alertando a Polícia Federal (PF) e o Ministério Público Federal (MPF).

Uma mulher questionou: “Como que postam esse absurdo? A quantidade de mulheres que vão ler e fazer isso”. O perfil da revista rebateu:

“500 mil mulheres já colocam suas vidas em risco realizando abortos ilegais Criminalizar e deixar de informar não vai impedir que as mulheres abortem, só vai fazer com quem mais mulheres morram tentando abortar.”

Confira aqui a mensagem original que está repercutindo negativamente no Twitter.

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM