Ministro do Peru renuncia em meio a protestos contra aumento de impostos

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

O ministro das Finanças do Peru, David Tuesta, renunciou ao cargo na segunda-feira (4), após motoristas de caminhão e de ônibus anunciarem um grande protesto contra um aumento de impostos sobre combustíveis.

O presidente do país prometeu concentrar seu foco no recebimento de impostos devidos por grandes empresas.

A renúncia de Tuesta é o maior contratempo para o presidente peruano, Martín Vizcarra, desde que ele tomou posse no final de março substituindo Pedro Pablo Kuczynski, que entregou o cargo devido a um escândalo de corrupção.

De acordo com informações do BOL:

A decisão de Tuesta de aumentar os impostos sobre a venda do diesel e outros combustíveis no momento em que os preços do petróleo sobem nos mercados globais desencadeou protestos no sul do Peru no mês passado, e organizadores chegaram a ameaçar realizar manifestações maiores e por tempo indeterminado a partir desta terça-feira.

Em um pronunciamento na televisão no final da noite, Vizcarra disse ter aceitado a renúncia de Tuesta como parte de uma mudança na política fiscal.

“O crescimento do país será obtido graças a investimentos e uma arrecadação (fiscal) melhor, não ao aumento dos impostos”, disse.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.