Português   English   Español

Peru retira seu último diplomata da Venezuela

Peru retira seu último diplomata da Venezuela

Em protesto contra mandato ilegítimo de Maduro, o governo peruano chamou de volta o seu último diplomata na Venezuela.

O Peru convocou de volta a encarregada de negócios de sua embaixada na Venezuela em protesto ao que classifica de novo mandato “ilegítimo” de Nicolás Maduro.

A informação foi divulgada pelo Ministério das Relações Exteriores peruano em comunicado nesta quinta-feira (10), informa o “EXTRA“.

A chancelaria peruana informou ainda que Maduro e outras 100 pessoas ligadas a ele ficarão proibidas de entrar no país, conforme noticiou a RENOVA.

Maduro começou um segundo mandato nesta quinta, desafiando críticos que o chamam de um usurpador ilegítimo de um país em que o caos econômico levou a uma crise humanitária.

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

Assine nossa newsletter...

Inscreva seu e-mail para receber atualizações diárias com as últimas notícias do Brasil e do mundo.

Fique tranquilo(a), assim como você, odiamos spam :) Você poderá remover seu e-mail a qualquer momento.

Deixe seu comentário...

Veja também...