PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Pesquisadores do Brasil testam soro para tratar o coronavírus

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

O medicamento é do mesmo tipo daqueles usados contra a raiva e contra picada de animais peçonhentos.  

Um grupo de pesquisadores do Instituto Vital Brazil e da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) estão estudando um soro hiperimune que pode tratar a infecção por coronavírus

O soro é feito a partir do plasma sanguíneo de cavalos — o mesmo daqueles usados contra a raiva e contra picada de animais peçonhentos.  

De acordo com o esquema do estudo brasileiro, a UFRJ isolará e inativará o vírus, para que ele possa começar a ser inoculado em cavalos do Instituto Vital Brazil. O teste começa¹ na próxima quarta-feira (27).

O presidente do instituto, Adilson Stolet, afirmou²:

“Já vimos em muitas pesquisas realizadas pelo mundo em que o tratamento a partir do plasma de pessoas curadas da covid-19 teve efeito positivo no tratamento de infectados em estado grave. A ideia é fazer um experimento agora a partir do plasma de cavalos, para que possa ser produzido em grande escala.”

Caso os resultados do teste sejam promissores, o soro poderá ser testado em humanos daqui a quatro meses. 

Em seis meses, no entanto, seria possível produzir o solo em grande escala. A capacidade do instituto é de produzir até 100 mil tratamentos por ano.

Referências: [1][2]
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.