Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Pesquisadores do Brasil testam soro para tratar o coronavírus

115 vacinas estão em desenvolvimento contra o novo coronavírus
Imagem: Reprodução/Twitter
COMPARTILHE

O medicamento é do mesmo tipo daqueles usados contra a raiva e contra picada de animais peçonhentos.  

Um grupo de pesquisadores do Instituto Vital Brazil e da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) estão estudando um soro hiperimune que pode tratar a infecção por coronavírus

O soro é feito a partir do plasma sanguíneo de cavalos — o mesmo daqueles usados contra a raiva e contra picada de animais peçonhentos.  

De acordo com o esquema do estudo brasileiro, a UFRJ isolará e inativará o vírus, para que ele possa começar a ser inoculado em cavalos do Instituto Vital Brazil. O teste começa¹ na próxima quarta-feira (27).

O presidente do instituto, Adilson Stolet, afirmou²:

“Já vimos em muitas pesquisas realizadas pelo mundo em que o tratamento a partir do plasma de pessoas curadas da covid-19 teve efeito positivo no tratamento de infectados em estado grave. A ideia é fazer um experimento agora a partir do plasma de cavalos, para que possa ser produzido em grande escala.”

Caso os resultados do teste sejam promissores, o soro poderá ser testado em humanos daqui a quatro meses. 

Em seis meses, no entanto, seria possível produzir o solo em grande escala. A capacidade do instituto é de produzir até 100 mil tratamentos por ano.

Referências: [1][2]

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários