- PUBLICIDADE -

Petistas debocham do atentado a Jair Bolsonaro

- PUBLICIDADE -

O candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, foi esfaqueado durante comício na cidade de Juiz de Fora, em Minas Gerais, na tarde desta quinta-feira (6).

Apesar das imagens chocantes e os preocupantes relatos dos médicos que trataram de Bolsonaro, uma parte dos petistas estão espalhando uma teoria da conspiração sobre o atentado.

Eles dizem que Jair Bolsonaro não foi atingido por um faca, que tudo não passou de uma grande encenação visando a vitória na eleição presidencial.

De acordo com estes radicais de esquerda, a grande farsa de Bolsonaro já conta com participação da Santa Casa de Juiz de Fora, do Hospital Sírio-Libanês, do Hospital Israelita Albert Einstein, das polícias de SP e JF, emissoras da grande mídia, Polícia Federal, centenas de testemunhas, e muito mais.

Segundo informações de O Antagonista, o petista Luiz Marinho também insinuou que o atentado foi forjado. Ele comentou:

Achei estranho não ver sangue nenhum.

Nivaldo Orlandi, do PCO, seguiu a mesma linha:

Ninguém viu sangue nenhum. Vimos um grande chororô da imprensa, das lideranças ditas democratas. Agora, esse anjinho fascista, será que merece nossa solidariedade?

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -