Português   English   Español

Petistas debocham do atentado a Jair Bolsonaro

O candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, foi esfaqueado durante comício na cidade de Juiz de Fora, em Minas Gerais, na tarde desta quinta-feira (6).

Apesar das imagens chocantes e os preocupantes relatos dos médicos que trataram de Bolsonaro, uma parte dos petistas estão espalhando uma teoria da conspiração sobre o atentado.

Eles dizem que Jair Bolsonaro não foi atingido por um faca, que tudo não passou de uma grande encenação visando a vitória na eleição presidencial.

De acordo com estes radicais de esquerda, a grande farsa de Bolsonaro já conta com participação da Santa Casa de Juiz de Fora, do Hospital Sírio-Libanês, do Hospital Israelita Albert Einstein, das polícias de SP e JF, emissoras da grande mídia, Polícia Federal, centenas de testemunhas, e muito mais.

Segundo informações de O Antagonista, o petista Luiz Marinho também insinuou que o atentado foi forjado. Ele comentou:

Achei estranho não ver sangue nenhum.

Nivaldo Orlandi, do PCO, seguiu a mesma linha:

Ninguém viu sangue nenhum. Vimos um grande chororô da imprensa, das lideranças ditas democratas. Agora, esse anjinho fascista, será que merece nossa solidariedade?

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter