Português   English   Español

Petistas querem Lula em prisão domiciliar

Habeas corpus do ex-presidente será julgado nesta terça-feira (4) pela Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF).

O presidiário Lula está recebendo pressão de amigos, correligionários e familiares para concordar com uma mudança na estratégia de sua defesa no sentido de pedir para ele uma prisão domiciliar.

O petista sempre rechaçou a ideia, com o argumento de que faz questão de ter a inocência reconhecida, informa o jornal Metrópoles.

A chance de Lula obter o benefício de cumprir o restante de sua pena em casa surgiu em junho, quando o advogado Sepúlveda Pertence entregou um memorial aos ministros do STF fazendo o pedido.

O habeas corpus em que a defesa pede a liberdade do ex-presidente será julgado nesta terça-feira (4) pela Segunda Turma do Supremo, como noticiou a Renova.

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter