Português   English   Español
Português   English   Español

Petrobras faz a maior descoberta desde o pré-sal

Petrobras faz a maior descoberta desde o pré-sal
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

A Petrobras fez em Sergipe sua maior descoberta desde o pré-sal, em 2006.

A estatal Petrobras espera extrair 20 milhões de m³ por dia de gás natural de seis campos, o equivalente a um terço da produção total brasileira.

O estado de Sergipe está agora concentrado em atrair grandes consumidores de gás para o município de Barra dos Coqueiros, vizinho a Aracaju, onde funciona o Porto de Sergipe, e, no futuro, deve estar de pé um novo distrito industrial.

Na pequena cidade de apenas 25 mil habitantes, cercada por praias e mangue, começa a surgir um arranjo inédito de empresas interessadas no combustível, informa o portal Terra.

A consultoria Gas Energy calcula que a descoberta deve gerar R$ 7 bilhões de receita anual à estatal e sócias.

Segundo o jornal Estadão, na avaliação do governo Jair Bolsonaro, a descoberta pode ajudar a tirar do papel o esperado “choque de energia barata” prometido pelo ministro da Economia, Paulo Guedes – plano para baratear em até 50% o custo do gás natural e “reindustrializar” o Brasil.

A aposta do governo é que, em pouco tempo, deva sair de Sergipe o gás mais barato do Brasil.

“Vamos ter competição. É isso que vai fazer o preço baixar”, afirma o secretário de Petróleo e Gás Natural do Ministério de Minas e Energia (MME), Márcio Felix, que participa da elaboração do plano de Guedes.

“É possível que a gente assista a uma retomada da indústria de petróleo e gás no Nordeste, onde tudo começou”, diz Rivaldo Moreira Neto, presidente da Gas Energy.

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram
Share on reddit
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...