Português   English   Español
Português   English   Español

Petrobras pagará multa aos EUA para encerrar litígio da Lava Jato

Petrobrás pagará multa aos EUA para encerrar litígio da Lava Jato
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

A Petrobras aceitou pagar uma multa de R$ 3,4 bilhões às autoridades dos Estados Unidos para encerrar o litígio judicial referente ao escândalo da Lava Jato.

O acordo foi anunciado nesta quinta-feira (27) pela Justiça norte-americana.

O compromisso encerra as investigações do Departamento de Justiça (“DOJ”) e da Securities & Exchange Commission (“SEC”), nos Estados Unidos, relacionados aos controles internos, registros contábeis e demonstrações financeiras da companhia, durante o período de 2003 a 2012.

Segundo os termos do acordo, a Petrobras pagará ao governo americano US$ 85,3 milhões ao DOJ e US$ 85,3 milhões à SEC.

Os US$ 682,6 milhões restantes serão depositados pela Petrobras em um fundo especial e utilizados conforme instrumento que será assinado com o Ministério Público Federal, que terá como objetivo promover a transparência e a cidadania no setor público.

“A resolução de hoje demonstra o compromisso contínuo do FBI em trabalhar com os Estados Unidos e parceiros internacionais para investigar a corrupção, não importa onde ocorra”, declarou o agente especial encarregado Matthew J. DeSarno, da Divisão Criminal do FBI em Washington.

Em um comunicado, a Petrobras lembra que, “ao longo da Operação Lava Jato, as autoridades brasileiras, incluindo o Supremo Tribunal Federal, reconheceram que alguns ex-executivos da companhia e outros envolvidos participaram de um esquema de corrupção que prejudicou e causou severos danos financeiros à Petrobras”.

A companhia afirma já ter recuperado mais de R$ 2,5 bilhões a título de ressarcimento no Brasil e “continuará tomando as medidas cabíveis contra todos que lhe causaram graves prejuízos”.

A estatal também ressalta que a justiça americana “reconhece a situação de vítima da Petrobras deste esquema de corrupção”.

 

Adaptado da fonte RFI

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram
Share on reddit
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...

Curta a RENOVA!