Petroleiros desacatam a Justiça e iniciam greve

Descumprimento da decisão da Justiça do Trabalho divulgada nesta terça-feira (29) acarreta multa de R$ 500 mil por dia.

Mesmo com a proibição do Tribunal Superior do Trabalho (TST), a Federação Única dos Petroleiros (FUP) anunciou o início da greve de 72 horas, nesta quarta-feira (30), a partir da 0h.

De acordo com informações da Gazeta do Povo:

O descumprimento da decisão da Justiça do Trabalho divulgada nesta terça-feira (29) acarreta multa de R$ 500 mil por dia.

A ação contra a greve dos petroleiros foi ajuizada pela Petrobras e Advocacia-Geral da União (AGU).

A paralisação foi decretada ilegal. Segundo a ministra Maria de Assis Calsing, o movimento é de caráter político e de aparente abusividade.

Em vídeo publicado em redes sociais, o coordenador-geral da FUP, José Maria Rangel, disse que a decisão da Justiça do Trabalho não intimida os sindicalistas.

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia