Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

PF abrirá inquérito policial sobre incidente em voo com Lewandowski

PF abrirá inquérito policial sobre incidente em voo com Lewandowski
COMPARTILHE

A Polícia Federal vai abrir inquérito policial sobre a discussão envolvendo o ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal, em um voo que ia de São Paulo para Brasília nesta terça-feira (4).

Após ouvir do advogado Cristiano Caiado de Acioli, de 39 anos, que o STF é uma ‘vergonha’, o ministro questionou se ele queria ser preso e pediu aos comissários da aeronave que chamassem agentes da Polícia Federal.

A conversa foi gravada e divulgada nas redes sociais. Assista AQUI.

O advogado foi conduzido à Superintendência Regional do Distrito Federal, onde prestou depoimento, tendo sido liberado em seguida, registra o Estadão.

Em seu depoimento na superintendência da PF, Acioli alegou que não teve a intenção de ofender o ministro ou o Supremo, mas de expressar sua opinião pessoal.

Por outro lado, Ricardo Lewandowski, afirmou, por meio de sua assessoria, que ao presenciar ato de injúria contra o STF, o ministro sentiu-se no dever funcional de proteger instituição, acionando a autoridade policial, informa o JOTA.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários