Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

PF apura ligação de crime organizado com assalto em Criciúma

PF apura ligação de crime organizado com assalto em Criciúma
COMPARTILHE

A ação foi considerada o maior assalto a banco na história do estado de Santa Catarina.

A Polícia Federal (PF) abriu um inquérito para investigar possível envolvimento de grupos criminosos nos assaltos a duas agências do Banco do Brasil ocorridos em Criciúma, no Estado de Santa Catarina, na última semana.  

Em nota, a PF informou ainda que investigação não tem relação com a apuração que está sendo feita pela Polícia Civil de SC.  

Na última terça-feira, pelo menos 12 pessoas foram detidas por suspeita de participarem do roubo nas agências em Criciúma.  

A ação começou por volta da meia-noite e durou cerca de três horas. De acordo com a Polícia Civil, pelo menos 30 criminosos participaram do roubo. 

A estimativa é de que cerca de R$ 80 milhões foram roubados durante a ação dos bandidos. 

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
4 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários
Maria
Maria
1 mês atrás

Está na cara que foi o crime organizado. E por que escolheram o BB? Por que o Governo Federal está dando altos prejuízos ao narcotráfico.

Doug385
Doug385
1 mês atrás

3 horas. 3 horas e sem qualquer reforço! Era tempo suficiente para uma equipe do BOPE sair da Florianópolis de helicóptero e chegar à cidade. Até por terra era tempo suficiente!

Marcelo
Marcelo
Responder  Doug385
1 mês atrás

Um destacamento do Exército entrasse na cidade, ou a polícia de 10 municípios próximos, pelo menos.

Marcelo
Marcelo
Responder  Doug385
1 mês atrás

As polícias estaduais não se comunicam entre si…

PUBLICIDADE