Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

PF de Moro reforçará investigação de crimes de políticos em exercício

PF de Moro reforçará investigação de crimes de políticos em exercício
COMPARTILHE

A nova direção da Polícia Federal pretende reestruturar e reforçar o grupo responsável por investigar crimes cometidos por ministros e políticos em exercício do mandato.

Sob o comando do futuro ministro da Justiça, Sergio Moro, o órgão conhecido como Serviços de Inquéritos Especiais (SINQ) será fortalecido.

O setor é tido como essencial para o combate à corrupção, bandeira que Moro, indicado para o cargo pelo presidente eleito Jair Bolsonaro, definiu como prioridade.

A decisão da equipe de Moro é uma reação à crise a que passa o grupo SINQ desde a gestão do delegado Fernando Segovia, no governo de Michel Temer.

Antes com 13 equipes montadas para as investigações, cada uma com um delegado, escrivães e agentes, esse time hoje conta com apenas cinco equipes fixas.

Escolhido como novo diretor-geral da PF, o delegado Maurício Valeixo tem conhecimento dos problemas e avisou que vai privilegiar o assunto assim que tomar posse, informa a Gazeta do Povo.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários